Por Ícaro Guimarães

04/06/2019

Triple play é o suficiente? Seja um provedor 5 play!

Em meados de 2013 o principal assunto em conversas com provedores era:

“Provedores que ainda não oferecem ao menos o Triple Play (voz, dados e TV) podem estar ficando para trás em termos de concorrência e faturamento. O Triple Play será um diferencial competitivo”. Ou seja, naquela época, o provedor local que não estivesse nas mesmas condições dos grandes players oferecendo o combo de serviços, deixaria de ganhar novos clientes e, com o tempo, se tornaria tão obsoleto que poderia perder os já atendidos.

Hoje já vemos uma realidade onde o combo voz + dados + TV é “o básico”. Por isso, cada dia mais os provedores estão buscando SVAs – Serviços de Valor Agregado –  para compor o portfólio de ofertas, aumentando a competitividade e o market share. Além, é claro, de conseguir reter seus clientes. Em outras palavras, os serviços Triple Play não são mais diferenciais atraentes no momento da escolha entre provedores.

 

As demandas foram atualizadas para os provedores

Com cada vez mais demandas na área de mobilidade e controle de dispositivos, tanto residencial quanto no corporativo, novos dispositivos e sensores conectados criam novas demandas para os ISP.  Conectividade para smart devices e home devices, por exemplo, são cada vez mais solicitados.

A oportunidade está na evolução: oferecer novos serviços, ou até novos dispositivos, que agreguem valor ao combo Triple Play. Em um futuro bem próximo, esse será o verdadeiro diferencial que impactará no quantidade e variedade de clientes atendidos e, consequentemente, no faturamento do negócio.  Estamos falando do provedor 5 Play.

 

Provedor 5 Play e a nova geração de serviços

O 5 Play é a nova tendência desse mercado cada dia mais competitivo. Além de voz, dados e TV, o novo combo passa a incluir as tecnologias de LTE e IoT.

“Ao observamos o mercado, é perceptível que esse acréscimo é extremamente positivo no momento da concorrência. Provedores regionais conseguem se destacar em níveis dificilmente alcançados por grandes operadoras”, afirma Ricardo Alexandre Vieira, gerente de Produtos da Khomp.  

De um lado, monitoramento de dispositivos residenciais e acionadores utilizando IoT. Do outro, mobilidade de dados com LTE. Entenda mais desses dois enormes e impulsionadores que formam o provedor 5 Play.

LTE: um mundo de oportunidade

LTE (Long Term Evolution) é o nome dado ao padrão de comunicação 4G. Com a infraestrutura correta, o provedor 5 play consegue ampliar a sua atuação, oferecendo internet sem fio por toda a área onde está inserido. As possibilidades são incontáveis: uma empresa cliente pode oferecer rede para os colaboradores que fazem home office ou ainda para o vendedor remoto, utilizando dispositivos como o MiFi.  Junte cenários corporativos aos residenciais e tenha um campo fértil de novos negócios.


Baixe o e-book: LTE: Um Mundo de Oportunidades em Crescimento


Topologia básica de um sistema de rede LTE

 

Cenário LTE Post Triple Play

 

 

IoT – O boom dos dispositivos conectados

Equipamentos IoT podem ser utilizados para monitorar diversos dispositivos residenciais, corporativos e industriais. Desde acender lâmpadas remotamente até gerenciar níveis de água, temperatura, espessura e movimento.


Entenda quais são as oportunidades de negócios com IoT nos setores de Indústria 4.0, Agronegócio e Urbanismo


 

Na prática, o ISP pode oferecer conectividade cobrando uma taxa extra no serviço de dados já prestado. Ou ainda, ofertar também os equipamentos (rede de sensores) agregando ainda mais valor à entrega.

Outro grande mercado é o da Agroindústria. As necessidades de conexão neste segmento estão cada vez mais evidentes, pois os modelos de produção necessitam de tecnologia de ponta para aumentar os índices produtivos ou tomar decisões mais assertivas. As redes e dispositivos IoT são fundamentais para isto.

Cenário_IoT Post Triple Play

 

Em suma, o 5 Play é o resultado de uma observação minuciosa do comportamento do consumidor e os atuais movimentos tecnológicos. O ISP hoje pode não ter tanta demanda de TV, por exemplo, porém ao agregar novos serviços ainda não ofertados pelos concorrentes, ele retoma o posto na acirrada e competitiva corrida chamada mercado.

 

Quer saber mais?

Assine a newsletter da Khomp e receba em primeira mão outros artigos sobre tecnologias e novidades que auxiliam as empresa na redução de custos com telefonia.

 

Facebook Twitter Linkedin