Por Raquel Cruz Xavier

18/12/2018

Entenda a importância do protocolo LoRa® na Agricultura 4.0

protocolo LoRa® na Agricultura 4.0

Recentemente divulgamos uma série de artigos explicando a implementação da Indústria 4.0 no Brasil. Seguindo essa linha, o Blog da Khomp traz a revolução no agronegócio a partir de tecnologias que viabilizam a conexão e comunicação mais eficientes no campo, como a utilização do protocolo LoRa® na Agricultura 4.0 e suas aplicações em internet das coisas (IoT).

 

Um pouco sobre a Agricultura 4.0

A era 4.0 traz a aplicação de tecnologia digital para a sociedade humana, praticamente em todos os contextos. Ao analisar o cenário do agronegócio, as novas tecnologias tornam os processos mais eficientes e competitivos.

Máquinas, como drones e tratores, e até mesmo a tecnologia utilizada para o desenvolvimento da biologia causam impactos nas áreas da Economia e Comunicação, o que gera uma conectividade entre homem, máquina e natureza.

Atualmente, o Brasil é uma das maiores potências no ramo do agronegócio devido ao alto uso de tecnologias desenvolvidas para o campo a partir da revolução 4.0, o que evidencia a oportunidade de investimentos.

De acordo com Maurício Antônio Lopes, presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), o principal ganho dessa tendência para o setor é a capacidade de precisão num segmento que tende a lidar com tantas variáveis (como o clima).

Em entrevista para a Revista Canavieiros, o executivo prevê que o agronegócio do futuro será marcado pela transformação digital e seus impactos na automação.

 

Protocolo LoRa® no contexto do Agronegócio

LoRa® é a sigla para Long Range (longo alcance), pois permite a comunicação a longas distâncias a partir de radiofrequência.

Assim como os protocolos ZigBee e Bluetooth que por sua vez são mais indicados para curtas distâncias em aplicações de IoT, o LoRa® tem tido uma ampla aceitação mundial, principalmente por sua característica de realizar a operação com consumo mínimo de energia.

“No agronegócio, onde é necessário coletar muitas informações a distâncias maiores, ou seja, os pontos de análise tendem a ser posicionados a uma distância considerável da operação, o protocolo LoRa® é o que melhor se adequa”, afirma Sandro Kirchner, gerente de Desenvolvimento na Khomp.

Suas principais aplicações estão relacionadas aos sistemas de Internet das Coisas. Devido ao seu longo alcance, facilidade de desenvolvimento, baixo consumo de bateria, e baixo custo de implementação, o protocolo LoRa® na Agricultura 4.0 vem sendo utilizado de uma forma predominante para a construção de redes IoT.

A tecnologia LoRa® é o meio para se ter acesso a esses sistemas. No contexto do Agronegócio, a interligação e a comunicação entre máquinas e equipamentos é um dos principais benefícios do uso da tecnologia.

De acordo com Kirchner, “A Khomp está investindo nesses cenários, desenvolvendo soluções específicas como o gateway de telemetria, que pode ser aplicado tanto no Agronegócio quanto na Indústria 4.0 e também nas chamadas Smart Cities”.

 

Quer saber mais?

Inscreva-se na newsletter e acompanhe o Blog da Khomp para receber conteúdos sobre novas tecnologias nas áreas das comunicações!

 

Facebook Twitter Linkedin