Descrição

O SBC (Session Border Controller) Khomp foi desenvolvido para controle de sinalização e mídia, provendo recursos de interoperabilidade entre diferentes redes e também como recurso de segurança em redes de telefonia IP.

Agora, integrando a plataforma SaaS (Software as a Service), a Khomp disponibiliza ao mercado o vSBC One, com os mesmos recursos de segurança e roteamento SIP, porém em sistema de nuvem, e é oferecido pela Khomp através de licenciamento de software comas mesmas políticas da linha de Media Gateways KMG.

O pacote de serviços  vSBC One provê a segurança da sua rede SIP através da criptografia dos dados, protegendo as sessões de comunicação contra a interceptação de terceiros e as  features de segurança, tais como criptografia e ocultação de topologia estão disponíveis em todas as chamadas simultaneamente.

Além da segurança da rede, todos os recursos avançados de roteamento de chamadas SIP – SIP fazem parte do pacote de serviços vSBC.

Assim como nos outros produtos SaaS na nuvem, sua interface web permite uma fácil configuração e monitoração do funcionamento dos gateways e é adquirido através de licenças. Através dela é possível acessar logs e gráficos, bem como criar perfis de usuários com diferentes níveis de acesso.

Algumas facilidades funcionalidades do vSBC One são:

 

Segurança

  • Acesso à interface WEB através de senha
  • Controle de acesso ACL (Listas de permissões e bloqueios);
  • Protocolos SIP TLS e SRTP (SDES e DTLS);
  • Ocultação de topologia de rede;
  • Detecção contra pacotes mal formados;
  • Prevenção contra fraudes: bloqueio de chamadas por destino e origem;
  • Proteção DoS e DDoS.

 

Interação

  • Interoperação de Fax (T.38 com fallback para G.711);
  • IPv4 para IPv6;
  • RTP com conversão entre protocolos UDP, TCP e SRTP (SDES, DTLS);
  • Entroncamento SIP.

 

Travessia NAT

  • Interconexão de diferentes redes;
  • Configuração de IP externo;
  • STUN.

 

Recursos VoIP

  • Fallback de proxy SIP;
  • Monitoração de NAPs (Pontos de acesso à rede) ou Keep Alive (Envia pacotes UDP ao roteador para indicar que a conexão está em uso, esse recurso não afeta a largura de banda);
  • Manipulação de números de origem (TO) e destino (FROM);
  • Adição, remoção e retransmissão de cabeçalhos;
  • Conversão entre Codecs G.711 e G.729.

 

QoS

  • DiffServ – Classificação e gerenciamento de tráfego.

 

Controle de Tráfego

  • Configuração de limite de chamadas simultâneas por rede.

 

Outras funcionalidades

  • Configuração, administração, monitoração e diagnóstico via WEB;
  • CDR personalizável;
  • Controle de acesso à interface para usuários com diferentes níveis;
  • Suporte SNMP.

 

Características e benefícios

O vSBC One pode ser usado em conjunto com outras diversas ferramentas disponibilizadas pela Khomp, agregando muito mais valor à operação a qual for destinada, como por exemplo:

O Analytics é um poderoso classificador de chamadas que permite que o vSBC identifique se a chamada foi interceptada pela operadora ou se o atendedor remoto é uma caixa postal celular, atendimento automático ou atendimento humano e tomar as medidas necessárias para cada uma das situações, como desligar ou encaminhar para um atendente por exemplo, e isso em todas as chamadas simultaneamente.

O serviço é adquirido através de pacotes de licenças que vão de 1500 a 5000 seções SBC. Conheça mais sobre o Analytics clicando aqui.

Outro recurso disponível para ser usado em conjunto com o vSBC One, é o de High Availability, ou Alta Disponibilidade.

Em caso de falha no hardware principal, um outro vSBC com uma licença de HA, passa a assumir as funções do gateway, preservando as configurações de rede, incluindo os endereços IP. Foi desenvolvido para operar com ou sem os módulos externos das interfaces de telefonia.

Também disponível através de pacotes de licenças que vão de 15.000 a 30.000 seções vSBC.

Aumentando ainda mais a segurança das chamadas SIP, o vSBC One trabalha em conjunto com o Register Authorization.

Com o Register Authorization disponível no vSBC, todas as solicitações de registro de telefones IP de uma rede externa são autorizadas primeiro pelo vSBC One, através de uma consulta a um servidor, antes de passá-las para um PABX da rede interna.

É realizado também o NAT (Network Address Translation), ou seja, a tradução do endereço IP público da Internet para o endereço IP privado da rede de telefonia, tanto do RTP (Real Time Protocol) quanto do transcoding.

 

Downloads

Baixe aqui o PDF com as informações do vSBC One Download Datasheet

Ficou Interessado?

Entre em Contato