Por Ícaro Guimarães

05/02/2021

Khomp Predicts: As Principais Tendências IoT para 2021

Blog Khomp - Predicts IoT

O último ano nos forçou a experimentar novas soluções, desenvolver novos hábitos e definir novos processos. No mercado em geral, essa transformação inesperada criou uma série de desafios operacionais, reforçando principalmente a urgência de conectividade entre pessoas e, por que não, entre coisas.

Como relatamos em um post anterior aqui do blog, em 2020 o IoT abandonou de vez o status de experimentação para ser encarado como ferramenta de coleta de dados e automação nos mais diferentes níveis. A Khomp teve a oportunidade de participar de projetos nacionais e internacionais para examinar essa maturidade e entender o movimento natural do mercado: qual caminho os setores estão adotando para incorporar de vez a Internet das Coisas à suas infraestruturas de TI e Inovação?

Chamamos o resultado desta análise de “Principais Tendências IoT para 2021”. Leia conosco:


Agricultura Inteligente

O campo está fértil para o agronegócio brasileiro. Somos um dos poucos países pós pandemia com potencial de aumentar a produção de alimentos em 2021 – contexto que implica em investimentos tecnológicos para atender a demanda mundial. Na agricultura, a tendência é ampliar ainda mais as automatizações: monitoramento do solo, clima, silos e poços; controle da irrigação e gestão da temperatura e umidade dentro de aviários e granjas estão no topo das prioridades práticas para esse ano.

 

People e Assessment Tracker: monitoramento inteligente de pessoas e ativos

Grandes corporações gringas já entenderam o poder de usar tecnologias baseadas em RTLS (Real Time Location System) para reduzir custos. Neste caso, estamos falando de um braço interessante do IoT, totalmente focado em rastreamento com precisão. Hoje, os projetos de people e assessment tracker vão além do GPS tradicional, pois conseguem resolver problemas complexos como construir inventários em tempo real, evitar acidentes de trabalho, controlar acesso em áreas restritas e até impedir aglomerações entre colaboradores.

 

Alta Demanda por Tecnologias Nacionais

Com o dólar cada vez mais alto, fica complicado viabilizar projetos IoT utilizando apenas tecnologia importada. A boa notícia é que o mercado brasileiro está preparado para receber essa demanda com um número expressivo de empresas e startups que trabalham com redes, sensores e dispositivos.

“Percebemos que o elemento “suporte na hora da implantação” tem feito muita a diferença para a integração e validação dessas soluções. O fornecedor precisa estar perto para garantir que tudo saia como idealizado” – nos conta Sandro Kirchner, gerente de desenvolvimento da Khomp.

 

IoT nas Ruas

O relatório “The IEEE 2020 Global Survey of CIOs and CTOs,” recentemente publicado, evidenciou a ascensão do 5G, quinta geração de conexão, como tendência para 2021. O resultado? Internet mais rápida e acessível dentro de casa, dentro das empresas ou lá fora, nas ruas. O avanço coloca prefeituras e empresas privadas unindo forças para criarem cidades inteligentes, que usam a tecnologia como LoRa® para melhorar aspectos como mobilidade, qualidade de vida e consumo sustentável.

Um exemplo prático está no aumento da procura por fotocélula para iluminação pública inteligente. Ou seja, um dispositivo acoplado a luminárias urbanas visando menor consumo de energia e comunicação inteligente em caso de problemas técnicos ou colisões.

 

One Stop Shop – Hubs de fornecedores

Em 2021 outra tendência que ganhará força serão os espaços físicos e digitais no formato“One Stop Shop”. Esse modelo de negócio agrupa todos os tipos de fornecedores que você precisa para tirar o seu projeto do papel. Do hardware ao software, tudo reunido em um só espaço para maior conveniência. Uma boa referência já em operação no Brasil é o IoT Live Lab.

 

O Legado das Vacinas

A distribuição de vacinas no Brasil é uma operação complexa, que exige planejamento e ferramentas high tech. Um dos fatores essenciais para que tudo saia como previsto é o controle da Temperatura e Umidade, ela precisa estar constante o tempo todo para não inutilizar as doses. Não deu outra: sensores IoT passaram a ser usados no transporte e em câmaras frias.

A eficiência comprovada em um momento tão sensível como esse abre portas para uma tendência definitiva: IoT no universo da saúde. Hospitais, farmácias e clínicas hiper conectadas estarão garantindo desde a temperatura ideal do banco de sangue à pressão do ar em uma sala de cirurgia.

 


Essas foram algumas das principais tendências IoT para 2021, mas a conversa não para por aqui. Baixe o nosso portfólio de produtos e entre para o nosso Canal no Telegram focado em Internet das Coisas. Por lá, diariamente enviamos cases de projetos, sugestões de treinamentos, palestras do setor e atualizações sobre os dispositivos que estão revolucionando o mercado.

Facebook Twitter Linkedin

De acordo com nossa política de privacidade, nós utilizamos cookies para garantir que você sempre tenha a melhor experiência ao visitar nosso website. Saiba mais