Por Raquel Cruz Xavier

22/02/2017

Ministério da Educação da Argentina investe em inovação para plataformas modulares de telefonia

Projeto de plataformas de telefonia conta com a robustez dos EBS da Khomp.

O Ministério da Educação da Argentina é um órgão do Poder Executivo que define as políticas e estratégias do sistema educacional do país. Uma de suas atribuições é garantir a conformidade com as disposições estabelecidas na lei, por meio do planejamento, implementação, monitoramento e avaliação de políticas e programas educacionais.

O sistema educativo argentino é composto por mais de 40.000 estabelecimentos de ensino, dentre eles, mais de 100 universidades. Para dar ampla assistência a essas instituições, o Ministério tem filiais distribuídas em todo o território nacional, cuja comunicação é feita por meio de uma estrutura baseada em PABX apenas para o transporte de voz.

No entanto, os equipamentos de PABX adquiridos em regime de comodato já estavam obsoletos, e a empresa provedora tinha poder para definir os valores dos serviços prestados, que resultava na oneração de toda a operação. Não havia ainda assistência técnica nos equipamentos e a manutenção não estava inclusa no serviço.

Para sanar o problema, foi preciso um novo projeto com o objetivo de se desvincular da empresa provedora, reduzir os custos e, principalmente, atualizar a tecnologia utilizada. Os pré-requisitos eram a utilização de uma plataforma aberta (open source) de acordo com as normas da ONTI (Oficina Nacional de Tecnologías de Información) e que utilizasse a estrutura já existente no Ministério. A migração teria que causar o mínimo impacto para os usuários, o novo sistema de telefonia deveria ter redundância e um sistema de contingência de falhas e, por fim, deveriam oferecer funções novas e integradas.

A solução encontrada consistiu em uma implementação “chave-na-mão” do Wirephone, um software de comunicações unificadas desenvolvido pela Lateco, junto com a aplicação dos EBS da Khomp. O Wirephone foi instalado nas cinco sedes principais do Ministério da Educação, tendo como base os equipamentos da linha EBS da Khomp, fornecendo mais de 2000 portas FXS, 7 links E1 e interfaces FXO e GSM. Os locais restantes foram integrados à rede existente com o protocolo SIP.

O Wirephone oferece todas as funções de um sistema de PABX IP de alta disponibilidade, tais como provisionamento automático de telefones IP, gerenciamento gráfico e um software CTI para cada usuário analógico ou IP, o que permite discar com um clique ou gerenciar conferências a partir de um PC, entre outras funções.

Com os EBS trabalhando fora do servidor, a principal vantagem do novo projeto é a fácil ampliação de cenários e modularidade das interfaces. Outras vantagens que contribuíram com o sucesso do novo projeto foram:

  • Custos de manutenção dos equipamentos inclusos;
  • Equipamentos sempre atualizados com a última versão disponível;
  • Liberdade para escolha da empresa de telecomunicações com o melhor custo-benefício;
  • Comunicação móvel via rede GSM;
  • Reutilização da infraestrutura anterior;
  • Redução nos custos totais da operação;
  • Implementação de novas funcionalidades: CTI, servidor de fax e VoIP.

Por fim, a implementação de Wirephone totalmente integrado com os equipamentos da Khomp resultou em um sistema de telefonia mais avançado, seguro e eficaz, atendendo a todas as necessidades de comunicação atuais do Ministério da Educação da Argentina.

Eng. Juan Carlos Atrio apresentando o case no evento Futurecom

Eng. Juan Carlos Atrio apresentando o case no evento Futurecom

Sobre a Lateco
A Lateco é um integrador de soluções de telecomunicações na Argentina, com mais de 15 anos de experiência em órgãos públicos e privados. Seus produtos e serviços são utilizados por clientes como IBM, Motorola Mobile, Santana Textiles, Totvs, Air France, Dow Agrociences e General Electric, entre outros. A Lateco (www.lateco.com.ar) instala, integra e faz o suporte do Wirephone (www.wirephone.net).

Facebook Twitter Linkedin